Na solidão dos campos de algodão



Onde?
Teatro São Luíz
Rua António Maria Cardoso, 38
Ver Mapa
?When

Até 25 Jan. | 5ª -Sáb: 21h; Dom: 17h30

?How Much

12€ - 15€ (+ descontos)



Onde?
Teatro São Luíz
Rua António Maria Cardoso, 38
Ver Mapa
Quando?

Até 25 Jan. | 5ª -Sáb: 21h; Dom: 17h30

How Much?

12€ - 15€ (+ descontos)

Entra-se na sala principal do teatro São Luiz e o que vemos? Quase nada. Ou melhor… Um palco imenso, praticamente vazio: um cadeirão preto e pouco mais. Mas o palco ainda está despido porque as duas actrizes ainda lá não estão, porque onde está a Maria João Luís e a Rita Blanco, não se precisa de muito mais.

Fica aqui o sério aviso: vocês, amantes do teatro, leiam com atenção, porque esta é mesmo uma peça a não perder. Porquê? Porque o que vamos encontrar é o mais puro e básico – não no sentido pejorativo – do espírito do teatro: um texto fortíssimo, escrito por Bernard-Marie Koltès, onde ouvimos falar da troca e da condição humana em (não) diálogo nos dias que vivemos. E por mais que se tentasse, não se pode resumir a complexidade e poder desta peça numa frase ou duas.

A (não) encenação é de Marcello Urgeghe, Maria João Luís e Rita Blanco e as interpretações são destas duas actrizes que estão naquele palco gigante, também elas a exporem-se. E porque o teatro é mesmo isto, não precisamos de mais nada.