Tartufo (ou O Impostor)

TeatroQuinta-feira Janeiro 22
tartufo


Onde?
Ver Mapa
?When

Até 1 de Fev. |5ª - Sáb: 21h30; Sáb. e Dom: 16h30

?How Much

10€



Onde?
Ver Mapa
Quando?

Até 1 de Fev. |5ª - Sáb: 21h30; Sáb. e Dom: 16h30

How Much?

10€

Todos nos lembramos de nos sentarmos de manhã, bem cedo e bem pequeninos (tão verdes!), para ouvir a professora explicar-nos as segundas interpretações dos textos de Gil Vicente – quando nem as primeiras compreendíamos. Se tivéssemos a sorte de ir ver uma representação em palco, evitando as aulas da tarde, o nosso carinho pelo dramaturgo saía dos bastidores. Para os que leram o seu irmão francês, Molière, o mesmo se passa.

Hoje, já tão grandes e vividos, leitores atentos dos jornais e livros do mundo, Gil Vicente é para nós uma lufada de ar fresco. Uma forma de ver defeitos que faz rir e que faz pensar. Molière é também isso mesmo. Gil Vicente chegou um século mais cedo, mas de comum têm muitas coisas. Sente-se n’A Barraca a ver o Tartufo e logo nos dirá quais são elas. O nome, esse, significa os parênteses: um devoto fingido, um velhaco, um hipócrita, um impostor.

Quem são os Tartufos de hoje? Porque que os há, há. “À barca, à barca, houlá! / que temos gentil maré!