Sardinhas 2016

Se és lisboeta, tenho a certeza que conseguias expor um pouco desta cidade e do teu dia-a-dia nos contornos de uma sardinha. Fosse com pedras da calçada, pelos seus desenhos ou irregularidades onde tropeças, pelo azul do céu ou do rio, pelo amarelo de algum eléctrico, pelo cinzento das tempestades, pelo laranja dos telhados, pelo azul dos azulejos. Fosse pelas pessoas, conterrâneos ou viajantes de um qualquer outro canto do mundo. Fosse pelos aromas, pela conversa que ouviste no metro, pelas palavras que leste na parede ou pelas gargalhadas daquele jantar bem regado.

Fosse como fosse, sei que conseguias pescar o contorno de uma sardinha e oferecer-lhe a originalidade que vive no teu cérebro e pelo que te passa pelos sentidos. Queres caracterizar Lisboa? Tens aqui oportunidade da boa: fresquinha, como a sardinha, que seja a tua imaginação!

Vale a pena tentar… Corre, é só até 16 de Março. Podes receber um prémio de 2000€ e servir de elemento decorativo não só em Junho, esse mês onde o aroma das bandidas anda pelo ar, acompanhado do bailarico, da fartura, da cerveja e do manjerico, mas durante o ano inteiro: porque a sardinha é um estado de espírito!