Sala de Corte

Place Restaurante
croquetes_saladecorte


Onde?
Rua da Ribeira Nova, 28
Ver Mapa
?When

2ª - 6ª: 12h-15h, 19h-24h; Sáb e Dom: 12h-24h

?How Much

45€ / 2 pessoas



Onde?
Rua da Ribeira Nova, 28
Ver Mapa
Quando?

2ª - 6ª: 12h-15h, 19h-24h; Sáb e Dom: 12h-24h

How Much?

45€ / 2 pessoas

Primeiro ponto a ser esclarecido: sou uma pessoa muito mais de peixe do que de carne e é essa a minha escolha quando janto fora.

Mas a verdade é que já tinha ouvido uns boatos, vindos dos bons apreciadores de carne, que ali para os lados do Cais do Sodré há um lugar a visitar, de seu nome Sala de Corte. E um dia destes lá fui desafiada a fazer uma refeição totalmente diferente dos meus hábitos, mas ah, se valeu a pena!

O ambiente e a decoração conquistaram-me logo: lugar sóbrio, com apontamentos em tons de cobre, que permitem desfrutar de uma refeição tranquila, em ambiente intimista, com bom gosto e sofisticação. A isso, resta só mesmo juntar a boa comida.

O primeiro golpe foi duro: de entrada serviram croquetes de novilho com mostarda Dijon. E logo eu, com dificuldade em resistir a croquetes… Mas nada que não conseguisse superar com um excelente carpaccio de lombo de novilho, com azeite de trufa, pistachios e parmesão. Se tivesse ficado pelas entradas, teria saído feliz. Mas não. A felicidade ficou ainda mais completa com um tenro e suculento chuletón de buey, acompanhado com diversos molhos, esparregado de espinafres com queijo da Ilha (há alguma coisa que fique mal com queijo da Ilha, pergunto?) e um dauphinois de batata doce que era d-e-l-i-c-i-o-s-o. Para rematar, só mesmo uma pavlova de frutos vermelhos que chegou ao prato com uma tal apresentação que preferia ter ficado a apreciá-la e não a desmanchá-la. Mas era tão boa que valeu a pena.

Resumindo: sejam pessoas de carne ou de peixe, é ir até ao Cais do Sodré, refastelarem-se no Sala de Corte e dar os parabéns ao chef Luís Gaspar que faz magia.