Sucréer, a meio caminho entre a Estrela e o Céu



Onde?
Calçada da Estrela, n.º 68
Ver Mapa
?When

2ª a Dom: 8h30 - 19h00

?How Much



Onde?
Calçada da Estrela, n.º 68
Ver Mapa
Quando?

2ª a Dom: 8h30 - 19h00

How Much?

Quem vai da Lapa para a Estrela chega mais depressa ao Céu se ficar a meio caminho da Calçada: abriu, no número 68 da Calçada da Estrela, a fantástica Sucréer. De origem claramente francesa, o seu recheado expositor veio para encher de cor e açúcar os olhos de quem se aventura num passeio de bairro.

Mas comecemos pelo princípio. A casa é grande e ampla, com mesas de madeira brancas forradas em tons florais de perfume de fruta; a sua traça antiga, de pedra, suporta o peso da idade do edifício. O convite a nos sentarmos é simpático e o menu que nos é trazido – e aqui o galicismo cai bem – é variado, a refeição pode ser ligeira ou mais composta. Há os croques (que, como no Pont d’Avignon, tem as madames e os monsieurs), há os mini-hambúrgueres servidos numa palete com um cone comestível de batatas-fritas, há as saladas frescas.

E há… os doces. São muitos e maravilhosos. São coloridos e cheios de sabor. Cravar o garfo magoa de tamanha arte posta em bolo, mas depois da primeira garfada o instinto é provar todos.

Mas é escusado falar sobre o que ao palato pertence. Se o Charlie se perdeu na fábrica do Willy Wonka é porque não conheceu os recantos da Sucréer.