Lugar

Terraço do Marquês

By Pedro Alfacinha
Onde?
Avenida Sidónio Pais, 1 (Parque Eduardo VII)
Ver Mapa
Quando?
2ª - Sáb: 12h - 02h; Dom: 13h - 02h
Quanto?
Preço Médio: 20€

O “nosso” Sebastião José de Carvalho e Melo, que ficou conhecido para a posteridade como o Marquês de Pombal, era uma pessoa de gostos requintados, muito à frente do seu tempo e já merecia um terraço à altura do seu nome e pergaminhos. Assim como o “patinho” feio se transformou num belo e sedutor cisne, de certa forma, também o antigo quiosque do Terraço do Marquês deu origem a um elegante e cosmopolita bar-restaurante. O espaço está agora delimitado por paredes envidraçadas fazendo ligação directa a uma ampla esplanada que faz a delícia dos turistas e dos visitantes nacionais. A decoração é minimalista, sendo pontuada por tons claros e pelos amadeirados, simples mas sem deixar de ser requintado e sóbrio.

O conceito é inovador e pretende explorar algo a que os proprietários deram o nome de “petiscação“, ou seja, a degustação de petiscos. Nesse sentido são muitos e variados os petiscos para partilhar, mas gostaria de destacar o ceviche de espadarte, as gambas panadas com molho tonkatsu, os clássicos peixinhos da horta, a tradicional tábua de queijos e enchidos ou em opção os deliciosos filetes de vieira com lima.

Para além dos petiscos a ementa também apresenta saladas, massas e uma variedade de peixe. No entanto, a verdadeira estrela da carta é a carne, mas não é uma carne qualquer, é considerada pela conceituada revista francesa Beef como a melhor do mundo. De origem espanhola, mais propriamente da região do País Basco, a carne Txogitxu pode ser apreciada nas suas variedades de Entrecôte, Chuletón ou Eisbein, qualquer destas iguarias tem selo de qualidade.

Mais uma estrela que se acende num céu já estrelado ao nível de espaços gastronómicos de eleição. Só faltas tu para abrilhantar ainda mais!!!